Teste de contato

Saiba mais sobre este exame que busca identificar possíveis causadores de alergias da pele

O teste de contato ou, em inglês: patch test, é um método para diagnóstico da dermatite alérgica de contato e para tentar identificar os possíveis agentes causadores.

A positividade do teste a certa substância, associada à história clínica do paciente, possibilita identificar as substâncias que, em contato com a pele, podem desencadear esse quadro, auxiliando o paciente e o médico no tratamento.

-Como o teste é realizado?

As substâncias a serem testadas são colocadas, através de um adesivo, no dorso do paciente, e é retirado em 48 horas, quando é feita a primeira leitura. Depois, em 96 horas se faz uma nova e última  leitura. O principal cuidado que o paciente precisa tomar durante o tempo em que está com as substâncias coladas à pele, é evitar molhar a região ou praticar atividades físicas que provoquem muito suor no local, pelo risco de descolamento do teste e perda do mesmo. 

Teste de contato
Teste de contato

Com a bateria padrão mundial, pode-se testar as 30 substâncias principais estabelecidas como causadoras de alergias. Além dessa, existem outras baterias que testam outras substâncias, como as baterias de cosméticos e unhas e esmaltes, o que permite aprofundar e personalizar o exame de acordo com cada paciente.

-Quais as contraindicações para o exame?

Para realização do teste, o ideal é que a paciente não esteja grávida. Não se recomenda que o teste seja executado em uso de corticoides sistêmicos, além de alguns imunossupressores. Também deve-se estar com as lesões controladas, fora de crise generalizada.